WP_Post Object ( [ID] => 2052 [post_author] => 4 [post_date] => 2016-07-31 10:57:06 [post_date_gmt] => 2016-07-31 13:57:06 [post_content] => Atual campeã mundial, a Alemanha escolheu o Fazendão para ser o seu centro de treinamentos durante os Jogos Olimpícos do Rio de Janeiro, que começam na semana que vem, e terão o futebol sendo disputado em sete cidades do país, entre elas Salvador. Serão sete dias de atividades, o primeiro na segunda-feira (1º). “O Bahia encara como um reconhecimento ao investimento que tem sido feito no CT, envolvendo aí a recente reforma do campo 2, novo vestiário dos atletas, criação de vestiário da comissão técnica, compra de novos equipamentos para academia e fisioterapia, entre outros”, afirma o presidente Marcelo Sant’Ana, que completou: “Essas reformulações permitiram que a federação alemã se sentisse confortável para trabalhar aqui no Fazendão, embora Salvador tenha a Fonte Nova, Pituaçu e Praia do Forte como locais de treinos usados na própria Copa. E a Alemanha conhece nosso Estado. Ficou aqui na Copa”. Nesta quinta (28), o Esquadrão recebeu a visita do gerente de logística da delegação alemã, Dominik  Horsch, que elogiou bastante a estrutura encontrada. “Achei enorme a área que vocês ocupam, desde a divisão de base, a sede administrativa, os quatro campos. É incrível. O campo novo é muito bom. Estamos bem felizes e agradecemos a recepção”, disse. “Ficamos decepcionados em não ficarmos hospedados na Vila Olímpica, no Rio, mas quando soubemos que o país voltaria à Bahia ficamos com sorriso no rosto”, festejou Horsch. A Alemanha é cabeça de chave do Grupo C da Olimpíada, ao lado de Coreia do Sul, Fiji e México. A estreia dos germânicos acontecerá na próxima quinta (4), na Fonte Nova, diante dos mexicanos. Como curiosidade, será a primeira participação da equipe de futebol masculino do país no torneio olímpico após 28 anos – isto é, algo inédito desde a reunificação alemã, em 1990. Já conquistou a medalha de ouro como Alemanha Oriental, em 1976, além de prata em 1980 e do bronze em 1964, 1972 e 1988. [post_title] => Alemanha no CT [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => 2052-2 [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2016-08-02 15:32:47 [post_modified_gmt] => 2016-08-02 18:32:47 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://www.socioesquadrao.com.br/?p=2052 [menu_order] => 302 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw )

Atual campeã mundial, a Alemanha escolheu o Fazendão para ser o seu centro de treinamentos durante os Jogos Olimpícos do Rio de Janeiro, que começam na semana que vem, e terão o futebol sendo disputado em sete cidades do país, entre elas Salvador.

Serão sete dias de atividades, o primeiro na segunda-feira (1º).

“O Bahia encara como um reconhecimento ao investimento que tem sido feito no CT, envolvendo aí a recente reforma do campo 2, novo vestiário dos atletas, criação de vestiário da comissão técnica, compra de novos equipamentos para academia e fisioterapia, entre outros”, afirma o presidente Marcelo Sant’Ana, que completou:

“Essas reformulações permitiram que a federação alemã se sentisse confortável para trabalhar aqui no Fazendão, embora Salvador tenha a Fonte Nova, Pituaçu e Praia do Forte como locais de treinos usados na própria Copa. E a Alemanha conhece nosso Estado. Ficou aqui na Copa”.

Nesta quinta (28), o Esquadrão recebeu a visita do gerente de logística da delegação alemã, Dominik  Horsch, que elogiou bastante a estrutura encontrada. “Achei enorme a área que vocês ocupam, desde a divisão de base, a sede administrativa, os quatro campos. É incrível. O campo novo é muito bom. Estamos bem felizes e agradecemos a recepção”, disse. “Ficamos decepcionados em não ficarmos hospedados na Vila Olímpica, no Rio, mas quando soubemos que o país voltaria à Bahia ficamos com sorriso no rosto”, festejou Horsch.

A Alemanha é cabeça de chave do Grupo C da Olimpíada, ao lado de Coreia do Sul, Fiji e México. A estreia dos germânicos acontecerá na próxima quinta (4), na Fonte Nova, diante dos mexicanos. Como curiosidade, será a primeira participação da equipe de futebol masculino do país no torneio olímpico após 28 anos – isto é, algo inédito desde a reunificação alemã, em 1990.

Já conquistou a medalha de ouro como Alemanha Oriental, em 1976, além de prata em 1980 e do bronze em 1964, 1972 e 1988.


© 2019 - ESPORTE CLUBE BAHIA CNPJ: 15.193.923/0001-84